Roteiro Buenos Aires (o que fazer por lá!)

Bienvenida, Bienvenido! Buenos Aires é uma daquelas cidades que você pode até tentar, mas nunca vai conseguir não se apaixonar. Ela é uma daquelas cidades que você visita e quase chora de tristeza na hora de partir.
Além do que, você vai ver que quanto mais você conhece a cidade, menos você vai precisar de um roteiro de Buenos Aires para passear por lá.
Então, vamos lá que montamos um roteiro mara para você guiar seus primeiros passos por lá.

AEROPORTO

A primeira parte de fazer um Roteiro de Buenos Aires é saber que lá tem dois aeroportos: Ezeiza (EZE), o maior deles e está a uns 50 minutos de táxi do centro da cidade, e o Aeroparque (AEP) que é o aeroporto mais central e está a uns 10 minutos de táxi do centro da cidade ou de Palermo.

PS: Cuidado na hora de pegar um táxi em Buenos Aires. Normalmente os taxistas veem que você é turista e querem lucrar com sua corrida. Então, pegue sempre táxis com taxímetros e veja sempre se eles estão zerados.

Existem dois aeroportos contam com agências do Banco de la Nación Argentina, mais conhecido por lá como Banco Nación. Ele funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano.

O ideal é você já ter algum dinheiro trocado antes de chegar em qualquer lugar do mundo, para evitar imprevistos, mas, se você não trocou, é bom trocar assim que pousar no aeroporto. Mas não troque todo seu dinheiro por lá, porque, normalmente, as taxas são maiores.
No centro da cidade, as melhores cotações de Pesos Argentinos /Reais estão nas corretoras de câmbio da Calle Sarmiente no centro. Um exemplo é o Cambio Alpe, Maguitur e Miltifinanzas. Todas funcionam de 2ª a 6ª das 10h às 16h.

DINHEIRO

• Uma outra dica é viajar para outras cidades argentinas, leve dólares. O Real não é tão valorizado assim fora da capital argentina.

• O Cartão de Crédito pode sim ser usado, basta habilitá-lo no seu banco. Normalmente dá para fazer isso pelo internet banking. O grande problema do cartão de crédito é o IOF de 6,38%. Então, veja o que é melhor para você.

• Algumas pessoas preferem Sacar dinheiro em caixas eletrônicos (ou precisam por que o dinheiro “vivo” acabou), mas as vezes as taxas são tão altas que não compensam muito.

ONDE FICAR

A melhor localização para quem não conhece Buenos Aires é a região central da cidade. Assim você economiza, inclusive, em transportes. Se você tá procurando um lugar mais chique e charmoso, indicamos o bairro Recoleta.
Se seu objetivo é a gastronomia, como o nosso quase sempre é, procure ficar em Palermo Hollywood ou Palermo Soho.

Uma dica é pesquisar por hotéis na região no Booking.com.

CARNE ARGENTINA


O prato mais famoso e gostoso, na nossa opinião, é o Chorizo. Aquela carne maravilhosa que tem o gostinho da Argentina.
Quase todos os restaurantes em Buenos Aires vendem esse corte bovino maravilhoso. Mas existem alguns restaurantes que são de tirar o fôlego. Um exemplo é no Puerto Madero, que fica a uns 5 minutos de táxi do centro. Lá você vai encontrar o Cabaña Villegas e o Madero Tango, que vamos falar sobre ele mais a frente.

TANGO

Os espetáculos de tango são imperdíveis. Quase 100% dos espetáculos são em formato de “cena-show” (jantar show) e oferecem transporte gratuito de ida e volta do seu hotel. Os shows são mega produções e não costumam ser muito barato. Às vezes eles podem chegar a custar 100 dólares ou mais. Existem opções de ingressos em sites de compras coletivas, como no decolar.com, por exemplo.
Também é possível comprar só o show, sem o jantar. Você vai economizar uns 30 dólares. A maioria dos cena-show tem o jantar um pouco fraco, mas recomendo DEMAIS que você vá ao Madero Tango e jante lá durante o show. O chorizo de lá é maravilhoso e o show também. Além de ter uma aula de tango após o show, onde você vai aprender os passos básicos de tango sem ter que pagar mais por isso.

CAMINITO E FEIRA DE SAN TELMO

O Caminito em La Boca é um destino muito procurado por turistas, principalmente por brasileiros que sempre o incluem em um roteiro de Buenos Aires. Fica a uns 15 minutos de táxi do centro. Se trata de uma pequena vila localizada no antigo bairro portuário da cidade e tem pinturas, esculturas, mosaicos, bares, restaurantes e lojinhas de “lembrancinhas”.
Particularmente acho que as pessoas criam muita expectativa para conhecer o Caminito, mas que, sinceramente, não é lá essas coisas. É uma rua um pouco sem graça que é mais bonita nas fotos do que pessoalmente.
Mas, temos que ser justas, o Caminito tem seu valor histórico e artístico que não podem ser negados.
De lá você pode ir direto para San Telmo e visitar a feira de San Telmo. Ela é uma feira de antiguidades que acontece todo domingo na Plaza Dorrego. Além dos artigos expostos para venda, você vai encontrar por lá artistas que se vestem para suas performances de rua e posam para fotos, pessoas dançando tango na rua, bares e cafés.
Lá você vai encontrar também um delicioso chorizo (e bem barato) no El Desnível.

PUERTO MADERO

Esse é um dos lugares mais apaixonantes de Buenos Aires. É um projeto urbanístico que recuperou e incorporou à cidade uma antiga área de armazéns portuários. É muito gostoso passear pelo seu calçadão na beiradinha do canal. Além de ser super romântico ver o por do sol incrível de lá.
O Porto tem uma extensão de 4km onde você vai encontrar o Madero Tango, o Cassino Flutuante e o terminal de barcos Buquebus.
A noite o Puerto Madero se transforma em um pólo gastronômico. Os melhores restaurantes por lá são o Cabaña Villegas para carne e o La Parolaccia para massas.

OBELISCO

É um dos símbolos da cidade está localizado no centro de Buenos Aires, na Av 9 de Julio, que é uma das mais largas do mundo. Ele foi inaugurado em 1936 para lembrar o 4º centenário da primeira fundação de Buenos Aires. Próximo a ele está o Teatro Colón.

 

TEATRO COLÓN

Se você gosta de música, mais especificamente de ópera, dança e música erudita, não pode perder um espetáculo no teatro colón. Dá para comprar ingressos no site Tu Entrada.
Além disso, você pode realizar uma visita guiada no teatro diariamente entre 9h e 17h.

PLAZA DE MAYO

É a principal praça da cidade e é onde você vai encontrar a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada, sede do poder executivo, onde fica o escritório do presidente da nação Argentina. Aos finais de semana é possível a realização de uma visita guiada na Casa Rosada.
Você também vai encontrar por lá o Moseo del Bicentenario, onde ficam expostos vários objetos que fizeram parte da história dos ex-presidentes da Argentina. A entrada é gratuita e o acesso é pela rua lateral à direita da Casa Rosada.
Saindo de lá, caminhe pela Av. Diagonal Norte até a Calle Florida que é a rua de comércio mais famosa da cidade. Ela tem cerca de 1km de extensão e você vai encontrar dezenas de lojas, galerias, centros comerciais e o fmoso shopping Galeria Pacífico.

PLAZA SAN MARTÍN

Fica ao final da Rua Florida e tem uma belíssima vista para relaxar ao fim do dia.

LA BOMBONERA

É o estádio de futebol do time Boca Juniors. A visita guiada vale muito a penas para os amantes de futebol e para quem não liga muito para isso. Lá você ai conhecer a história do time, ver os troféus, saber um pouco mais sobre seus jogadores. Você visita a arquibancada, os vestiários e todas as dependências do estádio. É um passeio muito bacana de se fazer.

TRAVESSIA PARA O URUGUAI

Você pode cruzar o Rio da Prata e passar um dia em Colonia del Sacramento, no Uruguai. Ela é uma cidade história e é a única cidade Uruguaia que foi colonizada pelos portugueses e seu centro histórico preserva muitas construções características originais, além de calçadas portuguesas.
Pra chegar lá é preciso pegar um barco da empresa buquebus que sai do Puerto Madero. Dá tranquilamente para fazer um bate-volta de Buenos Aires para Colonia del Sacramento saindo de manhã e voltando a tardezinha.

Você conhece Buenos Aires? Conta pra gente o que você fez por lá!

SE HOSPEDE COM BOOKING.COM

VIAJE SEGURO:

Seguro viagem america do sul 728x90

Roteiro Buenos Aires (o que fazer por lá!)
5 (100%) 7 votes

viagemcomasmanas

Empreendedoras digitais apaixonadas por viagem que buscam ajudar cada vez mais pessoas a se tornarem as protagonistas de suas próprias vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *