Como é passar o natal longe de casa

Muitas pessoas me perguntam como é passar datas festivas longe da família, principalmente como é passar o natal longe de casa.

Passei meu primeiro natal longe de “casa” em 2015. A família do meu pai faz questão em manter a tradição do “natal em família” desde sempre. E é ótimo rir, contar piada, comer até cair, levantar e comer mais, abrir o botão da calça e comer mais um pouco só pra ter certeza que não deixou passar nada.

Quando se é acostumado com alguma tradição, sempre bate aquele vazio e saudade de algo que deveria estar acontecendo, mas não está. Mas, em 2015, tive a chance de conhecer uma outra família. Eu estava fazendo um intercâmbio acadêmico em Portugal, na cidade MARAVILHOSA do Porto (que aconselho a todos viajarem para lá), e tive o privilégio de conhecer algumas pessoas que faço questão de levar comigo pro resto da vida. Analisando friamente, foi o natal com menos variedade de comida que já passei, mas um dos que mais tiveram amor pra dar e para receber. Éramos meia dúzia de jovens passando o natal longe da parentaiada e se tornando  família uns dos outros.

Se tem uma coisa que aprendo cada dia mais com a vida é que nossa família acontece, nos é designada pelo destino ou pelo universo e tudo flui como deveria. Se ela for composta pelos seus amigos de infância, amigos de estrada, namorada (o), ótimo. Se for de sangue, ótimo também. Pode parecer meio duro o que vou dizer, mas família é família e parente é parente.

Em 2015 percebi que não é preciso seguir uma tradição para se sentir amado ou enquadrado, você precisa apenas estar com a sua família, mesmo que ela seja momentânea.

Como parente é família em muitos casos, confessos que me embebedei de saudade e chorei um pouquinho no ano novo sim.

Em 2016 passei meu natal longe de casa mais uma vez no melhor lugar do mundo na época natalina: Gramado (a cidade do Natal Luz), e ao lado da melhor pessoa possível: Gabriela, que faz parte, obviamente, da minha família.

Quando se está ao lado da família, tudo é festa. Serão raras as vezes em que conseguiremos reunir toda ela para uma comemoração de fim de ano, ainda mais se você é daquele tipo de pessoa que cria laços em todos os lugares.

O importante mesmo nessa época é fazer com que as pessoas que estão perto percebam que o verdadeiro espirito natalino exala de você e que seu amor, alegria, carinho, compaixão, aceitação estão ali e sempre estarão para quem quer que venha a fazer parte dessa grande família que a vida sempre nos dá.

Você já passou algum natal longe de casa? Conta pra gente como foi!

SE HOSPEDE COM BOOKING.COM

VIAJE SEGURO:

Seguro viagem geral 728x90

Como é passar o natal longe de casa
5 (100%) 6 votes

viagemcomasmanas

Empreendedoras digitais apaixonadas por viagem que buscam ajudar cada vez mais pessoas a se tornarem as protagonistas de suas próprias vidas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *